Confira os filmes selecionados para o FestCurtas Fundaj 2020

246 0

Divulgada hoje a lista dos 44 filmes selecionados para o FestCurtas Fundaj 2020 – I Festival Nacional de Curtas do Cinema da Fundação, em Recife (PE). Por causa da pandemia de covid-19, o festival será online, de 7 (terça) a 12 julho (domingo). Uma versão presencial acontecerá assim que suspenso o isolamento social e o Cinema da Fundação voltar às atividades normais. 

A peneira para a seleção foi bastante disputada. O festival recebeu a inscrição de 520 filmes, o que dá uma média de 12 candidatos por vaga, digamos assim. São curtas de 14 estados, entre animações, ficções e documentários, que disputam os prêmios do júri oficial e também do júri popular.

Pernambuco é o estado que mais emplacou selecionados, com nove filmes (10 a se levar em consideração uma coprodução com São Paulo). Na sequência, estão Rio de Janeiro, com oito títulos; São Paulo com sete (fora a coprodução) e Paraná com seis. Minas Gerais teve três curtas selecionados e o Rio Grande do Sul, dois. Alagoas, Bahia, Ceará, Paraíba, Rio Grande do Norte, Sergipe, Santa Catarina e Distrito Federal emplacaram um filme cada na competição.

O único curta cearense selecionado para a disputa é o documentário Aqueles Dois, de Émerson Maranhão, produzido pela Deberton Filmes, que se debruça sobre a vida de dois homens trans no Ceará. Este é 40º festival que o filme é selecionado para a mostra competitiva.


Filmes Selecionados

A Barca, de Nilton Resende (2019 | AL)
A Era de Lareokotô, de Rita Carelli (2019 | SP)
A Hora Morta, de Márcio Coutinho (2020 | RJ)
A Morte Branca do Feiticeiro Negro, de Rodrigo Ribeiro (2020 | SC)
Aqueles Dois, de Émerson Maranhão (2018 | CE)
Arte a Metro, de Thiago Magalhães (2019 | RJ)
Batom Vermelho Sangue, de R.B. Lima (2020 | PB)
Carretéis, de Eudaldo Monção Jr. (2018 | BA)
Cidade Natal, de Ana Luisa Mariquito (2019 | SP)
Cleo – A Rainha Negra das Passarelas, de Artur Ianckievicz (2019 | PR)
Corpo Monumento, de Alexandre Salomão (2020 | PE)
Ditadura Roxa, de Matheus Moura (2020 | MG)
Ela que Mora no Andar de Cima, de Amarildo Martins (2020 | PR)
Êles, de Roberto Burd (2019 | RS)
Em Reforma, de Diana Coelho (2019 | RN)
Eu Te Vejo Daqui, de Kawanna Sofia de Oliveira (2020 | SP)
Hotel Central, de Tiago Martins Rêgo (2019 | PE)
Joãosinho da Goméa – O Rei do Candomblé, de Janaina Oliveira ReFem e Rodrigo Dutra (2019 | RJ)
Julieta de Bicicleta, de Juliana Sanson (2018 | PR)
Linha de um Tempo Qualquer, de Luciana Malavasi e Bruno Lamberg (2020 | RJ)
Luis Humberto: O Olhar Possível, de Mariana Costa e Rafael Lobo (2019 | DF)
Mamãe Tem um Demônio, de Demerson Souza (2019 | SP)
Mar-celo, de Arthur Lotto (2019 | SP)
Marie, de Leo Tabosa (2019 | PE)
Mãtãnãg, A Encantada, de Shawara Maxakali e Charles Bicalho (2020 | MG)
Memórias, de Andre Siqueira (2018 | PR)
Nadir, de Fábio Rogério (2019 | SE)
Nimbus, de Marcos Buccini (2020 | PE)
Num Piscar de Olhos, de Elder Gomes Barbosa (2020 | RJ)
O Afeto e a Rua, de Thiago Köche (2019 | RS)
O Homem das Gavetas, de Duda Rodrigues (2019 | PE/SP)
O Menino que Morava no Som, de Felipe Soares (2019 | PE)
O Quarto Negro, de Carlos Kamara (2019 | PE)
O Silêncio lá de Baixo, de Pamella Araújo (2019 | PE)
O Vizinho de Baixo, de Flávio Colombini (2019 | SP)
Parabéns a Você, de Andréia Kaláboa (2019 | PR)
Piu Piu, de Alexandre Figueirôa (2019 | PE)
Ruído Branco, de Gabriel Fonseca (2019 | SP)
Ser Feliz no Vão, de Lucas H. Rossi dos Santos (2020 | RJ)
Seremos Ouvidas, de Larissa Nepomuceno (2020 | PR)
Soccer Boys, de Carlos Guilherme Vogel (2018 |RJ)
Vinde como Estais, de Rafael Ribeiro e Galba Gogóia (2019 | RJ)
Volta Seca, de Roberto Veiga (2019 | PE)
1996, de Rodrigo Brandão (2019 | MG)

Deixe uma resposta