Affonso Uchôa e Grace Passô conversam sobre política do corpo e do cinema

88 0

A Casa de Cultura do Parque recebe os cineastas Grace Passô e Affonso Uchôa na live do #mirantedaCasa para uma conversa sobre a temática dos filmes Vaga Carne e Sete Anos em Maio: política do corpo e do cinema. Os dois média-metragens serão lançados conjuntamente no final de junho.

Em Vaga Carne, dirigido por Grace Passô e Ricardo Alves Jr., uma estranha voz toma posse do corpo de uma mulher, uma mulher negra. Juntos, a voz e o corpo procuram por pertencimento e por uma identidade própria enquanto questionam seus papéis dentro da sociedade.

No filme de Affonso Uchôa, em uma noite de maio, sete anos atrás, Rafael chega em casa depois do trabalho e sai carregado por desconhecidos e nunca mais volta. Desde então ele vive como se aquela noite nunca tivesse terminado.

Com base nestes dois enredos, Gabriel Campos, roterista e coordenador educativo da Casa, conduz a conversa sobre o papel político da arte como empoderamento, representatividade, estética antirracista, crítica social e também sobre o desmantelamento das políticas de incentivo à cultura, o fundo setorial e sua importância e as (in)ações da Secretaria Especial da Cultura. 

As lives do #mirantedaCasa incitam a pensar o novo na História e na Cultura. Um lugar de escuta: estimular o debate,  exercitar e excitar a memória. Buscar alternativas e sair do lugar-comum olhando para o futuro. Imagem-Ação. Imagem-Nação. Imaginação. O saber é faísca e pólvora. O programa com Grace Passô e Affonso Uchôa ocorre nesta quinta, dia 11 de junho, às 19 horas, no Facebook da Casa de Cultura do Parque (@casadeculturadoparquesp). 

Para assistir à live, clique aqui.

Para assistir ao trailer conjuntos dos dois filmes, acesse aqui.

Sobre os convidados

Affonso Uchôa é cineasta. É diretor dos filmes Mulher à Tarde (2010), A Vizinhança do Tigre (2014) e Sete anos em Maio (2019), e também codiretor do filme Arábia (2017). Seus filmes foram exibidos em diversos festivais pelo mundo, dentre eles os Festivais de Roterdã (Holanda), Viennale (Áustria), Festival de Toronto (Canadá), Visions du réel (Suíça), Mostra de Tiradentes (Brasil) e Festival de Mar del Plata (Argentina). 

Grace Passô é diretora, dramaturga e atriz. Trabalha em parceria com artistas e companhias de teatro. Como dramaturga, seus textos foram publicados em francês, espanhol, mandarim, inglês e polonês. Por suas realizações em atuação – tanto no teatro quanto no cinema – a artista recebeu vários prêmios.

Deixe uma resposta