Conheça os vencedores do 31º Festival Curta Cinema

66 0

Chega ao fim a 31ª edição do Festival Curta Cinema, que ao longo de oito dias exibiu uma seleção 130 filmes com o melhor da produção mundial da safra 2020-2021. Na cerimônia de encerramento, o diretor geral do festival, Ailton Franco, anunciou que os grandes vencedores da noite, qualificados para pleitearem uma indicação ao Oscar, foram os curtas Cantareira, dirigido por Rodrigo Ribeyro, e o internacional Trumpets in the Sky, de Rakan Mayasi, uma produção da Palestina, França, Bélgica e Líbano. Essa é a estreia de Cantareira no Brasil após ser premiado na Mostra Cinéfondation do Festival de Cannes em terceiro lugar. 

Além dos grandes vencedores, foram anunciados os premiados das demais categorias do festival, que foi realizado com o Apoio da RioFilme, Embaixada da França, Goethe Institut no Rio de Janeiro, Instituto Cervantes no Rio de Janeiro, Instituto Camões e Bureau de Québec em São Paulo.

Colmeia, de Maurício Chades, recebeu o Prêmio Especial do Júri; Céu de Agosto, de Jasmin Tenucci, ganhou como Melhor Direção e Tecido, Sigilo, com direção de Lucílio Jota e coprodução Raccord Produções, foi eleito o melhor da mostra Primeiros Quadros. Sideral, de Carlos Segundo, foi consagrado com o Prêmio Canal Brasil de Curtas (troféu Canal Brasil + R$ 15 mil).

O Prêmio de Público Panorama Carioca ficou com Entreaberta, dirigido por Bruna Amorim e coproduzido pela Raccord Produções, e Año Sabático, de David David, ganhou o Prêmio de Público Panorama Latino Americano.

Confira abaixo a lista completa dos premiados.

COMPETIÇÃO NACIONAL

Júri composto por Laura Rohard, Milena Manfredini e Rodrigo Areias

GRANDE PRÊMIO NACIONAL 2021

Cantareira, de Rodrigo Ribeyro

PRÊMIO ESPECIAL DO JÚRI

Colmeia, de Maurício Chades

MELHOR DIREÇÃO

Céu de Agosto, de Jasmin Tenucci

 COMPETIÇÃO INTERNACIONAL

 Júri composto por Claudia Pino Saraiva, Flavia Cândida e Felipe Cataldo

GRANDE PRÊMIO CURTA CINEMA 2021

Trumpets In The Sky, De Rakan Mayasi

 PRÊMIO ESPECIAL DO JÚRI

The Star, de Nadav Lapid

PRÊMIO MELHOR DIREÇÃO

Daily Massacre in Tehran, de Hessam Hamidi

PRIMEIROS QUADROS

Júri composto por Carolina Rapp e Cristiana Cunha

Tecido, Sigilo, de Lucílio Jota 

Menção honrosa:

O Andar de Cima, de Tomás Fernandes Silva

Pandelivery, de Antônio Silva Matos e Guimel Salgado

PRÊMIO CANAL BRASIL

Júri composto por Andrea Cursino, Clarissa Kurschner e Rodrigo Fonseca

Sideral, de Carlos Segundo

PRÊMIO DE PÚBLICO

PANORAMA CARIOCA

Entreaberta, da Bruna Amorim

PANORAMA LATINO-AMERICANO

Año Sabático, de David David

Deixe uma resposta