SPCinePlay recebe mostra ‘Cinema Latino Americano de Miguel Littín’

356 0

A mostra Cinema Latino Americano de Miguel Littín traz 12 filmes do cineasta chileno que serão exibidos de forma online e gratuita de 1º/4 a 8/4 na plataforma SPCINE PLAY. Os filmes ficarão disponíveis por 24h e poderão ser acessados diretamente no site.

Além dos filmes, a programação traz uma MasterClass, dia 1º/4 às 17h e debate com o Francisco César Filho, diretor do Festival de Cinema Latino Americano  e o especialista na obra de  Miguel Littin, e Alexsandro de Sousa e Silva que acontecerá no dia 6/4 às 17hs, no canal da Mostra no YouTube. 

Littín é considerado o cineasta chileno mais importante de sua geração. Com um cinema engajado, realizado durante o governo de Salvador Allende (1970-1973), ele passou a filmar na clandestinidade durante o governo seguinte, do ditador Augusto Pinochet. 

Confira galeria de pôsters dos filmes da Mostra:

A programação traz alguns de seus principais trabalhos como O Chacal de Nahueltoro (1965), baseado em um caso policial que escandalizou o Chile, considerado como o primeiro do gênero “docudrama” e um dos filmes mais importantes do movimento do Nuevo Cine Latino Americano; uma entrevista intimista com Salvador Allende em Compañero Presidente (1971); A Viúva de Montiel (1979) que traz Geraldine Chaplin como protagonista e é baseado no livro Los funerales de la mamá grande, de Gabriel Garcia Marquez; Alsino e o Condor (1982) que deu projeção internacional a Littín ao ser indicado ao Oscar de Melhor Filme Estrangeiro em 1982; Ata Geral do Chile (1986), filmado clandestinamente, já que o diretor era um dos 5 mil exilados pelo governo de Pinochet, o diretor percorreu todo o país, retratando o cotidiano do país sob o regime militar. 

Esta é uma oportunidade única do público brasileiro ver a história do Chile e um capítulo importante da história latinoamericana remontada a partir do olhar de Littín, reconhecendo na tela grande uma realidade por vezes tão similar e que ecoa até os dias atuais, com as bases de nossa democracia sendo discutidas e colocadas em prova.  

“Ao assistir os filmes de Miguel Littín o público não tem apenas a chance de conhecer a história recente do Chile, mas pode também montar junto a ela o grande quebra-cabeça chamado América Latina. Começando nos anos 60 com o fervilhar do Novo Cinema Latino Americano feito por jovens cineastas que usaram o cinema como arma frente ao imperialismo em favor de mudanças sociais e uma descolonização cultural de seus países. Passando pela desesperança da era de chumbo das ditaduras: mortes, exílios, clandestinidade, sempre revelando congruências entre nossos povos através das imagens e da literatura de Gabriel Garcia Marquez”, explica a curadora Lívia Fusco

Além da importância temática, a obra Miguel Littín também tem relevância na história do cinema mundial,  pois revela uma nova estética latino-americana. Criada a partir do nascimento oficial do movimento do Nuevo Cine Latino americano, no I Encuentro de Cineastas Latino americanos, em março de 67, quando jovens influenciados por acontecimentos históricos, como a Revolução Cubana (1959), apresentaram seus filmes e discutiram o uso do cinema como arma na luta, denúncia das questões sociais comuns a países colonizados e buscando entre eles o reconhecimento de uma identidade comum e a projeção de um futuro distinto.

Cinema Latino Americano de Miguel Littín tem curadoria de Lívia Fusco e está sendo produzida com apoio do Edital PROAC Expresso Lab – Aldir Blanc.

PROGRAMAÇÃO

*Os filmes ficarão disponíveis por 24h a partir do dia e horário de exibição. 

1/4 – Quinta-feira 

17h  – ABERTURA – Masterclass. Disponível até 8/4

19h  – O chacal de Nahueltoro (El Chacal de Nahueltoro), 1969, 90 min. 

19h – Companheiro Presidente (Compañero Presidente),  1971, 70 min. 

2/4 – Sexta-feira 

19h – A terra prometida (La tierra prometida), 1973, 125 min. 

19h – Atas de Marusia (Actas de Marusia), 1975, 110 min. 

5/4 – Segunda-feira 

19h – O recurso do método (El recurso del método), 1978, 153 min. 

19h –  A viúva de Montiel (La viuda de Montiel), 1979, 110 min. 

6/4 – Terça-feira 

17h –  Debate –  Disponível até 8/3

19h – Alsino e o Condor (Alsino y el cóndor), 1982, 89 min.

19h – Ata geral do Chile (Acta general de chile), 1986, 115 min. 

7/4 – Quarta-feira 

19h – Os Náufragos (Los naufragos), 1994, 121 min.

19h – Terra do fogo (Tierra del fuego), 2000, 99 min.

8/4 – Quinta-feira 

19h – A última lua (La última Luna), 2005, 105 min. 

19h – 10 Dawson Ilha (Dawson Isla 10), 2009, 117 min.

SERVIÇO

Mostra Cinema Latino Americano de Miguel Littín 

De 1º/4  a 8/4, online e gratuita, no SPCine Play 

Para ver a ficha técnica dos filmes e outras informações visite o site da Mostra: https://mostradecinemalatino.com.br

Deixe uma resposta