30° Cine Ceará divulga a lista de selecionados para a Mostra Olhar do Ceará; veja fotogalerias

295 0

Quatro longas-metragens e 22 curtas foram selecionados para a Mostra Olhar do Ceará, do 30º Cine Ceará – Festival Ibero-americano de Cinema, que acontece de 5 a 11 de dezembro deste ano. Os longas da mostra serão exibidos presencialmente em Fortaleza, em local a ser confirmado, e os curtas poderão ser conferidos pela TVC e pelo canal do festival no YouTube.

Entre longas e curtas foram 121 inscritos. Dentre os 26 selecionados, 30% têm direção de mulheres. Foram selecionados os longas Cabeça de Nêgo, drama de Déo Cardoso; Pajeú, ficção de Pedro Diógenes, e os documentários Swingueira, coprodução Ceará-Bahia de Bruno Xavier, Roger Pires, Yargo Gurjão e Felipe de Paula; e Rio de Vozes, coprodução Bahia-Pernambuco com direção da cearense Andrea Santana e de Jean-Pierre Duret. Um a mais que a Mostra de 2019.

A seleção de curtas-metragens é, em sua maioria, composta por documentários e ficções, com dez produções de cada gênero, e a lista se completa com um trabalho experimental e um drama-suspense. Em 2019, foram 17 os curtas que disputaram a mostra, cinco a menos que em 2020.

Entre os curtas selecionados estão Scelus, ficção sobre rivalidade entre facções, drogas, intrigas e mortes, com roteiro, direção e atuação de Edmilson Filho (Cine Holliúdy); Pequenas Considerações sobre o Espaço-Tempo, feito durante a pandemia, numa reflexão da própria vida da diretora Michelline Helena, que esteve na mesma mostra o ano passado com o curta Oceano; e A Gaiola, de Jaildo Oliveira, que se inspirou também nos tempos de pandemia neste documentário sobre uma senhora viúva que vive isolada com seu pássaro engaiolado.

Rafael Luís Azevedo, diretor de dois documentários que estão na Mostra

Já o cineasta Rafael Luís Azevedo emplacou dois filmes na mostra: Futebol para Todos e Aqui é Flamengo, este último vem fazendo uma bela carreira em festivais temáticos nacionais e internacionais.

O melhor longa-metragem e o melhor curta-metragem da Mostra Olhar do Ceará, eleitos pelo júri oficial, recebem o troféu Mucuripe.

OS LONGAS DA MOSTRA OLHAR DO CEARÁ

  • Cabeça de Nêgo. Direção: Déo Cardoso. Drama. 86min. CE-Brasil. 2020. 12 anos.
  • Pajéu. Direção:Pedro Diógenes. Ficção. 74min. CE-Brasil. 2020. 12 anos.
  • Rio de Vozes. Direção:Andrea Santana e Jean-Pierre Duret. Documentário. 93min. BA/PE-Brasil. 2019. Livre.
  • Swingueira. Direção:Bruno Xavier, Roger Pires, Yargo Gurjão e Felipe de Paula. Documentário. 85min. CE/BA-Brasil. 2020. Livre.

OS CURTAS DA MOSTRA OLHAR DO CEARÁ

  • A Fome que Devora o Coração. Direção: Raiane Ferreira. Ficção. 16min. CE-Brasil. 2019. 16 anos.
  • A GaiolaJaildo Oliveira. Documentário. 3min. CE-Brasil. 2020. Livre.
  • A Retirante. DireçãoDébora Ingrid e Henrique Oliveira. Experimental. 13min. CE-Brasil. 2020. Livre.
  • Aqui é Flamengo. Direção: Rafael Luís Azevedo. Documentário. 24min. CE-Brasil. 2019. Livre.
  • Aqui Entre Nós. Direção: Alexia Holanda e Daniel Sobral. Ficção. 15min. CE-Brasil. 2019. 12 anos.
  • Cacau. Direção: Ton Martins. Ficção. 16min. CE-Brasil. 2020. 18 anos.
  • Cidade Pacata. Direção: Ezequias Andrade. Ficção. 20min. CE-Brasil. 2019. 14 anos. 
  • Doce Veneno. Direção: Waleska Santiago. Documentário. 16min. CE-Brasil. 2020. 10 anos.
  • Futebol para Todos. Direção: Rafael Luís Azevedo. Documentário. 5min. CE-Brasil. 2019. Livre.
  • Luna e Sol. Direção:Dado Fernandes. Ficção. 16 min. CE-Brasil. 2020. 12 anos.
  • Movimento. Direção: Lucas Tomaz Neves. Documentário. 22min. CE-Brasil. 2019. Livre.
  • Noite de Seresta. Direção: Sávio Fernandes e Muniz Filho. Documentário. 19min. CE-Brasil. 2020. 12 anos.
  • O Prisma. Direção: Augusto Cesar dos Santos. Documentário. 25min. CE-Brasil. 2019. Livre.
  • Pequenas Considerações sobre o Espaço-Tempo. Direção: Michelline Helena. Documentário. 3min. CE-Brasil. 2020. Livre.
  • Plástico. Direção: João Paulo Duarte. Ficção. 10min. CE-Brasil. 2020. 12 anos.
  • Quando Vier a Primavera, Se Eu Já Estiver Morto…. Direção: Robson Lima. Ficção. 15min. CE-Brasil. 2019. 10 anos.
  • Santa Mãe. Direção: Thiago Barbosa. Drama/Suspense. 24min. CE-Brasil. 2020. 16 anos.
  • Scelus. Direção: Edmilson Filho. Ficção. 10min. CE-Brasil. 2020. 14 anos.
  • Ser Tão Nossa. Direção: Antônio Fargoni. Ficção. 8min. CE-Brasil. 2020. Livre.
  • Sombra do Tempo. Direção: Naiana Magalhães. Documentário. 20min. CE-Brasil. 2020. Livre.
  • Terceiro Dia. Direção: Jéssica Queiroz. Ficção. 10min. 2020. CE-Brasil. 14 anos.
  • Todos Nós Moramos na Rua. Direção: Marcus Antonius Melo. Documentário. 15min. CE-Brasil. 2019. Livre.

SERVIÇO

30° Cine Ceará – Festival Ibero-americano de Cinema – De 05 a 11 de dezembro de 2020 em formato presencial em Fortaleza, Ceará, online no Canal Brasil – no serviço de streaming Canais Globo, pela TVC, pelo canal do festival no Youtube e mídias sociais de parceiros. Informações: www.cineceara.com. Instagram: @cineceara, Facebook: FestivalCineCeara. Email: contatos@cineceara.com.

Deixe uma resposta