‘New York Times’ elege live de Daniela Mercury uma das 10 melhores da quarentena

176 0

Daniela Mercury é a única brasileira a figurar na lista das dez melhores lives da pandemia publicada pelo jornal The New York Times. O show recomendado pelo jornal é a Live da Rainha, realizada no dia 29 de maio, e que pode ser assistida aqui:

Depois desta live, Daniela já realizou outras duas. Em Casa com o Sesc, num formato voz e violão, em 18 de junho; e a Live do Orgulho, em 28 de junho, Dia Mundial do Orgulho LGBT (XYZ). Não à toa, a última é a preferida deste colunista. Para assistir às lives é só clicar nos respectivos nomes.

Além da “Rainha Má”, apenas dois outros estrangeiros estão na seleção: o sul-africano Nduduzo Makhathini e o grupo musical Aventura, de origem dominicana, embora radicado em Nova York.

Os outros sete ocupantes deste “Olimpo” são estadunidenses. A Afro-Latin Jazz Orchestra; a cantora e atriz Erykah Badu; o casal de músicos Jason Isbell e Amanda Shire; o rapper Gunna; Norah Jones, que dispensa apresentações; o guitarrista Jorma Kaukonen; e o rapper Post Malone.

A seleção, publicada nesta terça-feira, 21, leva a assinatura do jornalista, editor e crítico de música Jon Pareles. Tá, meu bem?!

Deixe uma resposta